m

Jovens quenianos se preparam para encontrar o Papa

Os jovens irão em caravana à capital Nairóbi encontrar o Santo Padre durante sua viagem para África

Rádio Vaticano

O arcebispo de Mombasa, no Quênia, Dom Martin Kivuva, afirmou em uma video mensagem dedicada à visita que o Papa Francisco fará ao país de 25 a 27 deste mês. Ele falou sobre o desejo de aproveitar a visita do Santo Padre para levar paz e coexistência a região.

Dom Kivuva mobilizou os jovens da região para a chamada “Caravana da paz”, que irá à capital Nairóbi encontrar o Santo Padre. “A mensagem que levaremos ao Papa Francisco é de que o Quênia quer a paz e quer viver em harmonia entre seus diferentes componentes tribais, religiosos e étnicos.”

O arcebispo ressalta que mais do que conflitos religiosos entre cristãos e muçulmanos, a região costeira do Quênia registrou tensões que se radicalizaram.

Dom Kivuva convida não somente os jovens católicos, mas também os cristãos de outras confissões e os muçulmanos, se quiserem, a se unirem para ir a Nairóbi encontrar o Papa Francisco.

Antes de chegar à capital queniana, a caravana da paz fará uma parada em Machakos, onde terá encontros com as comunidades locais cristã e muçulmana.

O bispo queniano observa que a alta taxa de desemprego juvenil do país torna os jovens vulneráveis às seduções da criminalidade, da prostituição e do radicalismo religioso que pode desembocar no terrorismo.

“Jovens, não se deixem usar. Vocês têm um potencial que lhes permite fazer muito na vida. Preparem-se, aprendendo uma profissão, de modo que na hora em que surgir uma possibilidade de trabalho, vocês estejam prontos”, exorta o arcebispo de Mombasa.

Por fim, vale recordar que a visita ao Quênia se dará no âmbito da 11ª Viagem Apostólica Internacional do Papa Francisco, na qual visitará também Uganda (dias 27 a 29) e a República Centro-Africana (29 e 30 de novembro).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *