amar_e

O que fazer para amar novamente?

Deus nos criou para amarmos e sermos amados 

Sabemos que “tudo concorre para o bem dos que amam a Deus” (Rm 8,28). Se O amarmos, se estivermos envolvidos em Seu amor, tudo concorrerá para o nosso bem. O contrário também pode acontecer: tudo nos fará mal, nos prejudicará se não estivermos vivendo no amor do Pai.

“Quanto a nós, sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos nossos irmãos” (1Jo 3,14).

O Senhor quer nos ressuscitar para o amor, quer nos curar profundamente de tudo aquilo que matou esse sentimento em nós. Talvez, diante do próximo mais próximo, isto é, de nossos familiares, filhos, irmãos, pais e esposos, tenhamos dito: “Meu Deus do céu, eu não amo, não sinto o amor”. Justamente por causa disso, o Senhor quer fazer uma ressurreição em sua vida.

Existe amor em você! Mas, infelizmente, não o sentindo, você acabará dizendo para si mesmo que não ama; assim, se acusará a amar e irá se condenar por isso.

Quando nos voltamos para o Senhor, sentimos Seu amor, começamos a amar e voltamos à vida.

o_que_fazer_para_amar_novamente
Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Não será possível amarmos os outros se não amarmos Deus em primeiro lugar. Não será possível amar o Senhor se não sentirmos o amor d’Ele por nós.

Precisamos passar pela experiência de que foi Deus quem nos amou primeiro, saber que somos amados por Ele e experimentamos Seu amor. Se assim o fizermos, nós O amaremos também. E amando-O, começaremos também a amar o próximo.

Há amor em você, porque o amor de Deus foi derramado em seu coração pelo Espírito Santo que lhe foi dado. Se esse amor não se manifestar, é porque forças de morte caíram, pesaram sobre ele e o sufocaram. Mas o Senhor quer retirar de você todas essas forças de morte e fazê-lo voltar a experimentar o amor.

É como se em você houvesse cinzas em cima das brasas. Graças a Deus, ainda existe fogo! Porém, as cinzas o estão matando. É preciso “abanar” esse amor, e isso depende de duas coisas: de Deus –– e Ele já está fazendo Sua parte ao soprar o Espírito Santo sobre você – e da sua decisão de querer amar.

É em nossa casa, com as pessoas que Deus já introduziu em nossa vida, que precisamos acender as brasas do amor. O Senhor é amor e quem ama permanece n’Ele. Sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos as pessoas próximas de nós.

Texto extraído do livro ‘Combatentes no amor’, de mosenhor Jonas Abib.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *