O casamento dos meus sonhos

Convites, buquê, vestido, maquiagem, fotos, luzes, igreja, padrinhos, bufês… Por aí seguem os sonhos e as expectativas quando o assunto é casamento

Quem já se casou sabe disso e muito mais, e quem ainda não se casou tem toda liberdade para sonhar com esse dia, até porque sonhar não custa nada; e o casamento, embora seja uma linda realidade, está muito ligado aos sonhos que cultivamos desde a infância. Afinal, quem consegue descrever em palavras o que se passa no coração de uma noiva quando as portas da igreja se abrem e ela caminha na direção daquele a quem dará seu “para sempre”? E o noivo, o que será que vive no curto espaço de tempo que parece eterno, ao ver aproximar-se a mulher que elegeu entre todas para ser sua esposa? São emoções que se perpetuam e contagiam gerações ao longo da história. Casar é coroar o amor como prioridade em nossa vida, e eu sou super a favor de quem sonha com o casamento! Preocupo-me, porém, com quem para no sonho.

familia02

Tempos atrás, uma jovem me procurou pedindo ajuda, estava com data marcada para o matrimônio, mas se sentia triste e insatisfeita com a relação. Enquanto escutava sua partilha, pensei logo em dizer para ela acabar o relacionamento e seguir a vida. Afinal, diante de tantas dificuldades, eu não via muita chance de o casamento dar certo. Porém, algo lá no fundo do coração (e hoje eu compreendo que era a voz de Deus), dizia-me para rezar antes de lhe dar meu parecer. Então rezei. Na oração, tive a imagem de um palco de teatro e um personagem que, após sua apresentação, continuava parado no centro, impedindo que o espetáculo tivesse continuidade. Deus fez-me entender que aquela jovem estava apegada ao personagem que seria o “homem perfeito” criado por sua imaginação e alimentado durante anos, com filmes, livros e novelas. Assim, cada vez que comparava seu noivo real com o personagem imaginário, mais diferenças encontrava e mais a frustração crescia, gerando uma angústia que a consumia em silêncio.

Porém, com a proximidade do casamento, era preciso fazer uma escolha radical: continuar contemplando o personagem ou acolher, no palco do seu coração, o homem real que Deus havia lhe proporcionado encontrar. Escolher, neste caso, pode parecer algo simples, mas na verdade não é! Se não avançarmos no processo de maturidade humana, as fantasias acabam influenciando nossa vida; e deixá-las para trás quase sempre é penoso. O pior é que, independente do tempo, nenhum de nós está livre de viver coisa assim, e quando o assunto é casamento, então, nem se fala! Portanto, se você passa por algo semelhante, tenha calma, o mundo não está acabando. Talvez a frustração que hoje lhe faz sofrer, esteja muito mais ligada à imaginação do que à realidade, e para vencer o imaginário, nada melhor do que assumir a verdade. Qual é sua verdade?

Precisamos ter a coragem de olhar a nossa volta e admitirmos que nem sempre somos os donos da razão. Existem soluções além das que elegemos, e nossos problemas, por maiores que pareçam, não estão fora do alcance de Deus.

Portanto, nada o impede de sonhar com o casamento. Porém, não se esqueça de que o personagem criado por sua imaginação infantil precisa sair de cena quando o assunto é a vida real. Lembre-se também que a felicidade que Deus quer lhe proporcionar pode estar bem ao seu lado, esperando apenas uma chance para atuar no palco do seu coração.

Texto extraído do site canção nova (todos os direitos reservados)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *