A alegria é a beleza da alma

Uma alma alegre é bela, pois não se apega àquilo que a empobrece

Márcio Mendes, na manhã desta sexta-feira, dia 24 de março de 2017, no programa ‘Sorrindo pra Vida’, reflete sobre a alegria, dom que vem de Deus e embeleza nossa alma.

A Palavra meditada está em Eclesiástico 13,31.14,1-2:
O coração do homem altera o seu rosto quer para o bem quer para o mal. Sinal de bom coração é o rosto alegre: dificilmente o encontrarás, e só com fadiga. Feliz aquele que não resvalou por uma palavra da sua boca e que não é atormentado pelo remorso do pecado. Feliz aquele a quem sua alma não condena, e que não arrefeceu em sua esperança. 

O melhor tratamento de beleza que podemos fazer é investir em nosso coração. A tristeza envenena nosso semblante. Quem é cristão não pode ser triste! Ela é companheira do desespero, e desesperados perdemos a confiança no Senhor.

A alegria é dom de Deus e também uma decisão. Uma das maiores alegrias que temos é a certeza de que o mal desta vida um dia acabará. Quando não temos esperança, ficamos tristes.

Ame-se!

Não nos deixemos envenenar! Peçamos a Deus a graça de um coração sempre alegre. Quanto mais afetados, mais necessitamos da graça d’Ele e mais precisamos reagir.

Por que nos abastecer de coisas boas? Para transpirarmos isso no restante de nossos dias. Uma vez que sabemos que aquilo que vivemos é transmitido para o outro, cuidemos com o que transbordamos para quem está ao nosso lado.

A Palavra de Deus nos garante que, na hora da angústia, não nos faltará o pão nem a água. Creia que a situação humilhante e a crise uma hora passam.

Enquanto estamos unidos, não somente enchamos o coração de Deus, mas aprendamos juntos a enfrentar as batalhas da vida. Transbordemos para nossos filhos aquilo que vivemos intensamente.

A vida é boa, mas é dura e amarga

Não coloquemos mais amargor na vida, transbordemos doçura. Uma pessoa alegre e feliz não cansa nem se cansa. A tristeza nos desgasta, tira nossa vontade de viver.

Podemos escolher apesar das dificuldades, sorrir para a vida. Não deixemos de ser alegres enquanto vivemos. Quem tem Deus não faz maldade!

A começar pelas palavras, não façamos piadas às custas dos outros. Deus não julga pelo que fazemos, mas sim a intenção com que fazemos.

Quem se esfriou ou se arrependeu de ter feito sua experiência com Deus vive a tristeza. Esperamos uma libertação, uma vitória? É no Senhor que experimentaremos tudo isso.

Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova

 Transcrição e adaptação: Ariele Silva

 

Fonte: www.cancaonova.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *