feliz-felicidade

A verdadeira Alegria está…

feliz-felicidade“Feliz aquele que se compraz no caminho do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
Salmos 1, 2-3

“A alegria está no coração de quem já conhece a Jesus”. Assim Padre Marcelo Rossi traduziu o sentimento de quem conhece o Senhor. Essa música sempre nos faz lembrar momentos de animação, momentos de alegria. Creio que Deus nos quer dessa forma, servindo com alegria, com amor, com carinho.

Conforme o tempo vai passando e vamos assumindo algumas responsabilidades dentro do meio eclesial, corremos um sério risco de tornar o nosso servir em algo mecanizado. Como se trabalhássemos em uma empresa e batêssemos o cartão ponto todos os dias ao chegar e antes de ir embora.

Imagine só, você chega ao grupo de oração, coloca seu dedo para fazer a leitura da sua digital, toca, prega, canta, louva e, depois de tudo, passa lá e coloca o dedo novamente no aparelho. Pode parecer algo engraçado, mas é assim que muitos de nós temos conduzido o nosso ministério.

A palavra de Deus para nós é ALEGRIA, PRAZER. Não um prazer pejorativo ou malicioso como muitos “lá fora” nos motivam a viver. Mas um prazer em Deus. Deus nos quer alegres, servindo com muita alegria.

Precisamos pedir que Ele nos dê a graça de sentirmos esse prazer em nosso servir.

Como tudo na vida, esse prazer também tem a sua consequência. Sabe qual é? A partir do momento em que você decidir por servir com prazer, muitas das preocupações que você tem no seu dia a dia serão pequenas, tamanha a graça de Deus. Quando nós realmente compreendemos que o nosso servir precisa ser livre, espontâneo, do nosso jeitinho humano de ser e sem perder o Divino que habita dentro de nós, perceberemos como muitas preocupações do nosso dia a dia são pequenas, são mínimas.

Servindo a Deus com prazer e compreendendo a Sua palavra, teremos a graça de trabalhar em nós a alegria, o companheirismo, o amor, o carinho, a paciência. Quantos são os momentos em que perdemos a paciência com nossos irmãos quando não reconhecermos que eles são humanos como nós? É estranha essa colocação, “humanos como nós”. Pois é, se pararmos para pensar, muitas são as vezes em que cometemos esse erro, acabamos julgando o próximo diante de suas limitações.

Por isso, nesse dia, Deus vem falar ao nosso coração: “Filhos, feliz o homem que sente prazer em servir ao Senhor, que medita a Sua palavra todos os dias, em todos os momentos. Feliz é aquele que compreende os caminhos do Senhor e persevera em seus ensinamentos.”

Creia meu irmão, creia que Deus é capaz de transformar o seu servir em algo prazeroso. Renove o seu sim, o seu chamado, a sua decisão, renove a cada dia. Ao acordar diga “Senhor, neste dia quero renovar o meu sim, quero servir com alegria e ser plenamente Seu.” Não é tão difícil quanto parece, não é?

Dessa forma, daremos frutos no tempo certo e tudo que fizermos no serviço do Senhor, prosperará. Não porque temos méritos, mas porque alcançaremos a graça de contemplar o Senhor em todos os segundos do nosso dia.

Que Deus lhe abençoe e lhe de muita força para alcançar as graças que Ele tem separado para você.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado!


554336_2658642925741_1217270624_nRodrigo Chacon

Membro e colaborador da Missão Sagrada Família

Faz parte do Grupo Juventude Sagrada e faz parte da comissão de comunicação do Ministério Jovem/Pr

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *